Jota Quest agita o Directv Music Hall, em São Paulo – Revista Eletricidade

Jota Quest agita o Directv Music Hall, em São Paulo

O repertório de “Discotecagem Pop Variada”, álbum mais recente do Jota Quest, aponta para um saudável retorno às raízes. As variadas referências do início de carreira: a black music, os anos 70, Roberto Carlos (da época boa) voltaram a povoar o universo da banda, criando novamente um delicioso clima dançante.

E é esse clima dançante que foi transportado para os palcos da nova tournê, com a adição do percussionista Eduardo Espasande ao time da banda, já reforçado pelo competente naipe de metais, o Jota Quest coloca sua boa música mais uma vez na estrada.

A mega produção do show anterior ficou para trás, a “onda” agora é tentar recriar visualmente o clima musical de “Discotecagem Pop Variada”, ou seja, o cenário é o daquele night club ideal, perdido em algum lugar nos anos 70, onde a trilha sonora do Jota poderia muito bem se misturar aos hits blacks de ícones do gênero como Tony Tornado, Tim Maia, Gerson King Combo e Banda Black Rio.

Com esse enfoque no lado dançante, o repertório do novo show mistura hits dos 4 CDs da banda trazendo novos arranjos, para antigos hits e uma parte substancial do novo repertório. E o destaque dessa vez são os teclados sempre competentes de Márcio Buzelin, parte importantíssima dessa volta musical.

Os melhores momentos continuam sendo aqueles em que a plateia participa. E numa noite de Directv Hall lotado, o espetáculo parece crescer em tamanho quando todas as vozes se unem para entoar velhos hits como “Fácil” e “O Vento”, que sabiamente mantidos na set-list, mesmo nessa fase onde o enfoque passa longe das paradas de sucesso.

Mas o que interessa mesmo é ver a pista cheia de gente dançando e é isso o que o Jota consegue fazer durante todo o espetáculo.

E se todos os parágrafos anteriores conseguiram reproduzir de alguma maneira o clima musical e dar uma ideia de como anda a sonoridade do Jota, infelizmente não há como, em um simples texto, reproduzir o clima de festa criado em suas apresentações. Só indo mesmo aos shows e conferindo tudo de perto.

Felizmente a banda tem muito fôlego e essa tournê, assim como as anteriores, deve chegar a todos os cantos do Brasil, dando a oportunidade a todos de também dançar e curtir um ótimo show.

Adriana Maraviglia
@drikared


Set-list Jota Quest – Directv Music Hall – SP (11/12/02)

– Na Moral
– Aí Cê Falou
– Prá Seguir em Frente
– As Dores do Mundo
– Encontrar Alguém
– Onibusfobia
– Sempre Assim
– Dias Melhores
– Não Somos Iguais
– Ela me Faz Tão Bem/Sossêgo
– Tanto Faz
– 35
– Oxigênio
– O que eu Também não Entendo
– O Vento
– Mais Forte Que o Sol
– Fácil
– Só Hoje

Entre no Facebook e deixe seu comentário: