Killing Bono – As origens do U2 sob o ponto de vista de seu maior competidor – Revista Eletricidade

Killing Bono – As origens do U2 sob o ponto de vista de seu maior competidor

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Considerada uma das maiores bandas de rock de todos os tempos, o U2 nem sempre esteve no topo do mundo.

E é sobre esta época de “dureza”, tocando nos botecos de Dublin e no colégio; que o novo filme “Killing Bono” fala.

Em 1976, Neil McCormick (Ben Barnes) e seu irmão Ivan McCormick (Charlie Cox) são colegas de escola de Bono (Luke Treadaway), The Edge (Mark Griffin), Larry Mullen Jr (Seán Doyle) e Adam Clayton (David Tudor) e também têm uma banda que compete com o U2 para tocar nas festas da escola e nos pubs de Dublin.

Embora nós já saibamos muito bem quem ganha, com vantagem, esta guerra; pode ser divertido acompanhar como tudo começou.

Ainda mais quando o lado derrotado consegue perder com tanto bom humor, transformando a própria história em comédia.

Hoje em dia, McCormick trabalha como crítico musical no jornal Daily Telegraph e continua próximo a banda, tendo auxiliado no papel de ghost writer na autobiografia “U2 By U2”.

Dirigido por Nick Hamm, o filme é baseado no livro , ‘I Was Bono’s Doppelganger’ lançado em 2004 por Neil McCormick com prefácio assinado pelo próprio Bono. A adaptação do roteiro foi feita por uma equipe formada por Ben Bond, Dick Clement, Ian La Frenais e Simon Maxwell.

A trilha sonora, uma parte importante em um filme sobre bandas de rock é assinada por Joe Echo e de acordo com o blog oficial do filme, trará duas músicas do U2.

O novo filme tem sua estreia prevista no Reino Unido para a primavera de 2011. As datas de estreia no restante do mundo ainda não foram divulgadas, já que dependem de contratos de distribuição que ainda estão sendo assinado.

Adriana Maraviglia
@drikared

 

 

Assista ao trailer de “Killing Bono”: 

Entre no Facebook e deixe seu comentário: