O soul americano segundo Mick Hucknall – Revista Eletricidade

O soul americano segundo Mick Hucknall

MICK HUCKNALL - AMERICAN SOULDepois de dizer adeus à banda que o fez famoso, Mick Hucknall, a voz e a alma do Simply Red, pode seguir projetos mais pessoais e lança seu segundo trabalho solo: “American Soul”.

E não é preciso ir muito longe de sua própria obra com o Simply Red para saber que Hucknall sempre esteve próximo, musicalmente falando, da sonoridade que ele agora homenageia: Otis Redding, Etta James, Ray Charles e outros tantos grandes nomes que certamente fizeram parte direta da formação musical do cantor, foram os escolhidos como inspiração para o segundo passo dessa nova fase.

Ele já fazia isso com o Simply Red, buscava em sua discoteca particular músicas da fase áurea da soul music americana e as regravava do seu jeito, trazendo-as muitas vezes, de volta à vida, como fez com “Money’s Too Tight (to Mention)”, dos Valentine Brothers, ainda no primeiro disco do Simply Red, em 1985, ou apresentando-a para plateias maiores como fez com “If You Don’t Know me By Now” de Harold Melvin & the Blue Notes, que se transformou em um megasucesso na voz de Hucknall, em 1989.

Mas se nos discos do Simply Red essas covers dividiam o espaço com músicas próprias, a ideia de “American Soul” é de apenas usar a voz privilegiada de Hucknall para reinterpretar esses clássicos.

Belas reinterpretações como se era de esperar; “I’d Rather Go Blind” de Etta James é o primeiro single a chegar nas rádios e receber um videoclipe oficial. A clássica “I Only Have Eyes For You”, uma das mais populares deste novo repertório é também um desafio para Mick como cantor.

Outro desafio certamente é “Don’t Let me be Misunderstood”, uma canção que ficou bastante popular no final da década de 70, na interpretação do grupo Santa Esmeralda, que aqui recebe uma roupagem inesperada.

Andy Wright, um velho parceiro do músico, produziu o disco, que segundo Hucknall teve suas 12 faixas escolhidas a partir de uma coleção de discos que ele iniciou aos 11 anos de idade.

Antes mesmo do disco chegar às lojas, Mick tem se apresentado pelo Reino Unido e pela Europa com seu novo repertório sempre com ingressos esgotados. Muito recentemente, ele realizou uma passagem relâmpago pelo Brasil, para participar do Festival Ceará Music, em outubro, no repertório, canções deste novo trabalho, lado a lado de músicas do Simply Red e de seu primeiro solo “Tribute to Bobby”; todas contribuindo para uma noite inesquecível.

Adriana Maraviglia
@drikared

 

Faixas de “American Soul”:

1. That’s How Strong My Love Is
2. Turn Back The Hands Of Time
3. I’d Rather Go Blind
4. Lonely Avenue
5. I Only Have Eyes For You
6. Tell It Like It Is
7. Baby What You Want Me To Do
8. The Girl That Radiates That Charm
9. Let Me Down Easy
10. Don’t Let Me Be Misunderstood
11. It’s Impossible
12. Hope There’s Someone

Confira Mick Hucknall cantando “I’d Rather Go Blind” ao vivo no “Programa do Jô”:

 

Entre no Facebook e deixe seu comentário: