Veja como foi o show de Robert Plant no Lollapalooza Chile – Revista Eletricidade

Veja como foi o show de Robert Plant no Lollapalooza Chile

ROBERT PLANT NO LOLLAPALOOZA CHILE - FOTO: REPRODUÇÃOA turnê latino americana de Robert Plant com a banda Sensational Space Shifters começou com uma apresentação no México, no dia 13 de março e foi em seguida para o Chile, onde, no dia 15, foi uma das atrações principais da quinta edição do Festival Lollapalooza Chile.Na frente de um público de 120 mil pessoas, o eterno vocalista do Led Zeppelin iniciou seu show evocando um passado bem distante, “Babe, I’m Gonna Leave You”, uma cover de Joan Baez que foi gravada pelo Led no primeiro disco, surgiu simples sobre o palco, com o acompanhamento apenas do guitarrista Liam Skin Tyson, que constrói em sua guitarra acústica uma melodia rica, com toques de flamenco, emocionando logo de cara com o blues bastante conhecido.

Mas se tem uma coisa que Plant tem feito por toda a sua carreira é evitar deitar-se nos louros das velhas glórias e exatamente por isso, “Turn It Up” vem logo a seguir com seus loops eletrônicos e letra que descreve as andanças reais do artista pelas estradas americanas, em sua busca de estudioso e grande amante da música daquele país.

Relaxado e com seu bom humor de sempre, Plant aproveita a oportunidade para brincar com a plateia, provoca, sorri e coloca o dedinho na boca, erra a letra, mas ainda está em casa quando apresenta “Rainbow”; talvez a mais radiofônica do novo disco e que tem uma boa recepção por parte da plateia.

E a emoção cresce ainda mais quando o cantor anuncia “Black Dog” em espanhol. A surpresa fica por conta do formato em que o velho hit do Led Zeppelin é apresentado, com novíssimas texturas, um loop eletrônico sobre o qual guitarra e voz constroem a melodia mais conhecida, Juldeh Camara chega com seu riti, enquanto Plant trocou aquele pandeiro que usava para enfeitiçar sua fãs na década de 70 por um de seus ancestrais, um bendir, bem maior, mas que não parece menos charmoso, em suas mãos.

A massa sonora vai crescendo cada vez mais e desemboca em “Arabden (Maggie’s Baby)”, faixa de “Lullaby and the Ceaseless Roar”, com Juldeh cantando em farsi.

A Sensational Space Shifters é uma banda formada por multiinstrumentistas e durante a apresentação somos lembrados disso todo o tempo e em “Little Maggie”, uma velha canção folk tradicional que Plant pinçou das pesquisas musicais que fez ainda na época em que gravou o álbum “Raising Sand”, em 2007. No palco, o guitarrista Justin Adams toca o ngoni, um instrumento africano que seria o ancestral do banjo, Liam “Skin” Tyson assume o banjo e Juldeh Camara toca o riti, um tipo de violino com apenas uma corda, um loop eletrônico de teclado e bateria completam o espetáculo.

Em toda viagem de distanciamento que Plant percorre do óbvio e de tudo o que já fez algum dia, a versão de “Going to California” com voz, bandolim e violão, talvez seja a que mais se aproxima do formato original da música e ela é reconhecida imediatamente pelo público que acompanha fervorosamente a interpretação, em um dos melhores momentos da noite.

Surpreendendo a todos os fãs que acompanham sua carreira há bastante tempo, Robert Plant incluiu uma das músicas do álbum “Manic Nirvana” (90) na setlist. Trata-se de “Watching You”, uma bela novidade em um repertório que vem sendo construído desde meados de 2014, quando o músico iniciou suas apresentações baseadas no novo disco.

O blues rasgado de “No Place to Go” de Howling Wolf chega aos alto-falantes com os instrumentos africanos mudando completamente o que se esperava ouvir de um velho blues.

LIAM SKIN TYSON E JUSTIN ADAMS NO LOLLAPALOOZA CHILE - FOTO: REPRODUÇÃOUma apresentação simplesmente deslumbrante de um artista que se recusa a deixar de lado o que o faz feliz para embarcar nas viagens nostálgicas que tantos já propuseram e, quando faz isso, deixa atrás de si uma lista de plateias encantadas com sua arte.

Se você ainda tem dúvida sobre ir ao Lollapalooza Brasil ou não, eu posso dizer que depois de ver a apresentação no Chile, em streaming, eu não perderia a de São Paulo por nada neste mundo.

Adriana Maraviglia
@drikared

 

 

Setlist de Robert Plant & The Sensational Space Shifters – Parque O’Higgins – Santiago – Chile (15/03/2015)

Babe, I’m Gonna Leave You
Turn It Up
Rainbow
Black Dog
Little Maggie
Going to California
Watching You
No Place to Go
What Is and What Should Never Be
Fixin’ to Die
I Just Want To Make Love To You
Whole Lotta Love / Who Do You Love
Bis:
Rock and Roll

Entre no Facebook e deixe seu comentário: