Zélia Duncan lança novo álbum, “Antes do Mundo Acabar”, no Sesc Vila Mariana – Revista Eletricidade

Zélia Duncan lança novo álbum, “Antes do Mundo Acabar”, no Sesc Vila Mariana

ZÉLIA DUNCAN - FOTO BY ROBERTO SETTONO Sesc Vila Mariana recebe em seu Teatro a cantora e compositora Zélia Duncan, para o lançamento de seu novo disco, “Antes do Mundo Acabar”, em que Zélia apresenta sambas inéditos, frutos de várias parcerias suas, e também canções de Paulinho da Viola, Riachão e Dona Ivone Lara.

Os shows acontecem entre 25 e 28 de fevereiro, quinta a sábado às 21h e no domingo, às 18h.

Um disco composto inteiramente de sambas era um desejo antigo de Zélia Duncan: desde o lançamento de “Eu me Transformo em Outras” (2004), passando por seu disco em homenagem a Itamar Assumpção (lançado em 2013), vários projetos ligados ao samba passaram pelos 25 anos de carreira da cantora.

O lançamento de “Antes do Mundo Acabar” – em que, além de interpretar obras de grandes compositores do gênero, ela também dá vazão à sua verve autoral – vem cumprir uma promessa que Zélia fazia a si mesma há tempos.

Produzido por Bia Paes Leme e com arranjos de Marco Pereira, o álbum traz nove canções inéditas de Zélia, compostas em parceria com Xande de Pilares, Pedro Luís, Zeca Baleiro e Arlindo Cruz, entre outros. “Conhecer Xande de Pilares foi fundamental, pois fizemos muitas coisas, rapidamente.

Sem programar nada, o disco foi ficando autoral e nisso reside sua maior força, creio eu”, afirma Zélia. Isso, apesar de a ideia original ser de um disco com repertório de composições clássicas do samba, selecionadas por Zélia, em um processo de pesquisa.

Com o crescimento da produção e das parcerias e com o álbum revelando-se um projeto autoral, veio a dura tarefa de chegar a cinco canções de outros compositores, que seriam registradas: Zélia Duncan selecionou sambas de Riachão (“Por que você não me convida agora”), Paulinho da Viola (“Pintou um Bode”), Dona Ivone Lara e Delcio Carvalho (“Em cada canto uma esperança”) e Moacyr Luz (“Vida da minha vida”). “São cinco mestres, além de uma linda composição que Pretinho da Serrinha, Leandro Fab e Fred Camacho fizeram especialmente pra mim (“Por água abaixo”)”, comemora.

Apenas na versão digital, o álbum ganha uma faixa extra: “Juízo final” (Nelson Cavaquinho e Elcio Soares).

Para os shows no Sesc Vila Mariana, Zélia vem acompanhada de Webster Santos (violão, bandolim e cavaco), Pretinho da Serrinha (percussão), Pedro Franco (violão, bandolim e cavaco), Thiaguinho da Serrinha (percussão) e Domingos Teixeira (violão de sete cordas), traz o repertório do álbum, com os clássicos selecionados e também as canções feitas em parceria com Zeca Baleiro (Antes do Mundo Acabar, que dá nome ao disco), Arlindo Cruz (Dormiu, mas Acordou), Pedro Luiz (Um Final) e Xande de Pilares (Destino tem Razão), entre outras.

Zélia Duncan – Local: Teatro do SESC Vila Mariana – Rua Pelotas, 141, São Paulo – SP – Datas: 25 a 28 de fevereiro – Ingressos – A partir de R$ 25,00 – Não recomendado para menores de 12 anos.

Entre no Facebook e deixe seu comentário: