Em “Life – Um Retrato de James Dean” a desconstrução de um mito do Cinema – Revista Eletricidade

Em “Life – Um Retrato de James Dean” a desconstrução de um mito do Cinema

LIFE - UM RETRATO DE JAMES DEAN - FOTO: REPRODUÇÃO
O cineasta Anton Corbjin, que tem em seu currículo o sensacional “Controle: A História de Ian Curtis” (2007), aponta sua lupa agora para um dos personagens mais icônicos da história do Cinema, o ator James Dean.

E para isso, Corbjin foi resgatar uma história real, a das fotos feitas com o ator pelo fotógrafo Dennis Stock (Robert Pattinson) para a revista Life, em 1955. James Dean (Dane Dehaan), então um ator iniciante, às vésperas da estreia de “Vidas Amargas”, do diretor Elia Kazan, em um momento em que ele sequer era conhecido.

E, esqueça tudo o que sempre veio associado a imagem de James Dean, a do cara descolado, viciado em velocidade, que passava seus dias desafiando o establishment e a caretice vigente na década de 50 e prepare-se para ver alguém bem diferente, tímido, introspectivo e muito mais ligado às suas raízes familiares, em Indiana, do que a qualquer badalação hollywoodiana.

O fotógrafo Dennis Stock é um dos primeiros a enxergar em James Dean aquele algo mais que o transformaria em lenda e, também cansado da badalação hollywoodiana, passa a tentar convencer o ator a posar para um ensaio fotográfico para a Revista Life, enquanto tenta vender a ideia do ensaio para o editor John Morris (Joel Edgerton).

Com problemas também pessoais, com a ex-mulher (Stella Schnabel) e com o filho, Dennis decide acompanhar James Dean primeiro em uma viagem para Nova York e em seguida, até a fazenda da família do ator em Indiana.

O filme de Corbjin parece vir de encontro aos anseios de quem deseja conhecer melhor a História do Cinema, despindo-a muito de seu glamour. Aliás, não há nada mais anti-glamour do que as investidas de Jack Warner (Ben Kingsley) sobre o ator novato, na tentativa de enquadrá-lo ao tal do “Star System” vigente.

“Life – Um Retrato de James Dean” é o tipo de filme para destruir mitos, mostrando que antes de ser lendas, grandes ícones do Cinema são principalmente seres (muito) humanos.

Adriana Maraviglia
@drikared


Assista ao trailer de “Life – Um Retrato de James Dean”:

Salvar

Entre no Facebook e deixe seu comentário: