Pedro Mariano mostra seu “DNA” no palco do Teatro Alfa – Revista Eletricidade

Pedro Mariano mostra seu “DNA” no palco do Teatro Alfa

A noite de sábado foi de estreia para o cantor Pedro Mariano. A primeira apresentação de seu novo projeto “Pedro Mariano e Orquestra – DNA” foi recebida com casa cheia, no belo Teatro Alfa, em São Paulo.

Todo o público ansioso por conhecer esta continuação de um trabalho que começou em outubro de 2013, com a gravação do disco/DVD “Pedro Mariano e Orquestra”.  O projeto que resultou em um disco e uma turnê que apresentou shows primorosos segue agora com esta segunda etapa, que recebeu o nome de uma das canções inéditas que entram nesta nova fase: “DNA”, composta por Edu Tedeschi.

Os mais apressados podem até achar que o cantor está tentando chamar atenção para sua privilegiada herança musical que vem tanto da mãe Elis Regina, quanto do pai, pianista, maestro e arranjador Cesar Camargo Mariano, mas não se trata disso.

Para Pedro, a ideia é a de mostrar que a escolha de canções para o novo show foi muito mais baseada em sua atual experiência de vida do que em qualquer herança genética.  O texto curto que abre o show e o próprio cantor explicou isso melhor dizendo que “(são) canções que tem uma relação direta comigo… uma espécie de autobiografia…”.

De fato, as letras das novas músicas mostram que a escolha do repertório foi por canções com uma pegada muito mais introspectiva, de alguém que parece ter parado para analisar a própria vida.

É o que Pedro Mariano faz sobre o palco, acompanhado por 26 músicos,  incluindo a banda com que trabalha há anos, formada por Conrado Goys (guitarra), Leandro Matsumoto (baixo), Thiago “Big” Rabello (bateria) e pelo pianista e arranjador Marcelo Elias, com regência do maestro Otávio de Moraes e direção de Fernando Gomes, dividindo com seu público, através do novo repertório,  o que tem se passado dentro de seu coração. Tudo devidamente traduzido por uma intérprete de Libras, postada no canto do palco.

Como cenário, um painel de cubos que quando completados pela iluminação dão um belo efeito 3D, ainda mais quando descem do teto três lustres quadrados.  O palco recebeu também uma extensão frontal, que o cantor usou pouco, vindo poucas vezes para mais perto da plateia.

Depois de “DNA”, é a vez de “De Peito Aberto”, do compositor Fabio Cadore, uma canção com pegada mais pop, com uma letra que fala sobre a passagem do tempo e recebeu um lindo arranjo, onde as cordas se destacam.

É óbvio que é muito complicado fazer um show só com músicas novas, inéditas, desconhecidas da maioria do público, por isso, após a dupla de novidades da abertura,  chega a vez de uma velha conhecida do público que fez parte do primeiro disco com orquestra “Simplesmente”,  desfaz o estranhamento inicial e coloca todos os presentes para cantar junto, abrindo espaço para “Êxtase”, de Guilherme Arantes, um dos pontos altos do espetáculo.

Outra velha conhecida, a balada romântica “Risos e Memórias” do disco “Pedro Mariano”, de 2005, entrou para o repertório do primeiro show com orquestra tardiamente, mas também teve uma boa recepção do público, ao lado de “Pra Você dar o Nome”.

Chega a vez de mais duas inéditas, “Labirinto” e  “Giramundo” são do “irmão” e colega de toda hora Jair de Oliveira, com quem Pedro tem dividido ultimamente os palcos virtuais no “programa” semanal “NoisenaLive”.  É neste programa, transmitido via internet, que algumas das novas músicas deste projeto fizeram a sua primeira exibição pública, antes mesmo de chegarem ao palco do Teatro Alfa.

Intercalando com mais algumas “velhas conhecidas”, “Alguém Dirá”  de Pedro Viáfora e Pedro Altério e a dupla de canções  “Enfim”  e “Casas” de Daniel Carlomagno  fecham a apresentação antes do bis.

Diferente do primeiro projeto, que foi gravado logo nas suas primeiras apresentações, Pedro tem planos de registrar  este show em disco e DVD apenas na segunda passagem por São Paulo, em dezembro, ainda sem data, nem local definidos.  A nova turnê leva o novo show por cinco ou seis cidades brasileiras até lá.

Adriana Maraviglia
@drikared

Setlist de “Pedro Mariano e Orquestra – DNA”, 19/08/17 – Teatro Alfa – SP

1-DNA
2-De Peito Aberto
3-Simplesmente
4-Êxtase
5-Risos e Memórias
6-Pra Você dar o Nome
7-Labirinto
8-Giramundo
9-Certas Coisas
10-Um Pouco Mais Perto
11-Alguém Dirá
12-Por Nada e Por Ninguém
13-Pontos Cardeais
14-Enfim
15-Casas
Bis:
16-Sangrando
17-Miragem

Entre no Facebook e deixe seu comentário: