Youtuber Kéfera Buchmann estreia no cinema adulto, em comédia sobre o mundo da Gastronomia – Revista Eletricidade

Youtuber Kéfera Buchmann estreia no cinema adulto, em comédia sobre o mundo da Gastronomia

O conflito entre a novidade e o passado, imaginado dentro do mundo da Gastronomia, esse é o tema da comédia “Gosto se Discute” que chega amanhã nos cinemas de todo o Brasil.

Um tema que anda muito mais acessível ao gosto do público, graças a popularidade de programas de TV como o reality “Master Chef”, as cozinhas dos restaurantes, no imaginário do público, ganharam um interesse extra.

O filme, dirigido por André Pellenz, do sucesso “Minha Mãe é uma Peça” (2013), conta a história de Augusto (Cassio Gabus Mendes), um chef de cozinha e dono de restaurante que experimentou dias de glória no passado, mas em algum momento acomodou-se no que já tinha desenvolvido até o ponto de perder quase toda a sua clientela para as novidades do  foodtruck de Patrick (Gabriel Godoy), um ex-funcionário do restaurante que se instala do outro lado da rua.

E se a situação do restaurante já estava ruim, tudo piora muito com a chegada de Cristina (Kéfera Buchmann), uma auditora do banco de investimentos bastante dedicada, que, embora tenha ordens de acabar de vez com o negócio, acaba tomando a iniciativa de tentar ajudar a recuperá-lo.

No elenco, Kéfera é a novidade que chama mais atenção. Chegando a seu segundo filme, a youtuber, que estreou no cinema no infanto juvenil “É Fada!”(2016), tem a intenção de consolidar-se como atriz. Desta vez, em seu primeiro filme que tem o público adulto como alvo, ela encara a tarefa com alguma graça, embora ainda pareça necessitar de um pouco mais de experiência, se quiser alçar voos maiores.

E o filme conta ainda com uma boa atuação do restante de um elenco em que todos estão muito bem. Contrastando com a inexperiência de Kéfera, a segurança de Cássio Gabus Mendes e a graça de atores como Zéu Britto e Paulo Miklos, deixam essa pequena e despretensiosa produção ainda mais divertida.

Também merecem destaque alguma soluções bastante criativas encontradas pelo roteiro e o cuidado extra com as cenas que envolvem a preparação dos pratos do restaurante, que tiveram o suporte técnico de um chef de cozinha de verdade e são de dar água na boca.
Aliás, este é daqueles filmes em que é recomendável ir assistir muito bem alimentado, ou pelo menos bem “preparado” com um bom estoque das guloseimas da lanchonete do cinema, se não quiser passar fome.

Adriana Maraviglia
@drikared


Assista ao trailer de “Gosto se Discute”, que chega amanhã aos cinemas: 

Entre no Facebook e deixe seu comentário: