“Sai de Baixo” estreia amanhã nos cinemas – Revista Eletricidade

“Sai de Baixo” estreia amanhã nos cinemas

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na década de 90, mais especificamente entre 1996 e 2002, todo domingo à noite, um  programa de TV com jeitão de teatro ao vivo, alcançava índices de  audiência gigantescos, confirmados todas as semanas pelos comentários sobre o programa e a utilização universal dos seus bordões como “Cala boca, Magda” ou  “Eu tenho horror a pobre”.

Hoje em dia, o tom  anárquico e sem qualquer preocupação com o “politicamente correto” do programa semanal “Sai de Baixo” provavelmente criaria muitos problemas.

Mesmo assim,  os residentes  do velho apartamento do Largo do Arouche estão de volta,  mas desta vez no cinema: “Sai de Baixo – O Filme” chega aos cinemas de todo Brasil, no dia 21/02.

Dirigido  por Cris D´Amato e com roteiro assinado por Miguel Falabella, o filme é uma boa oportunidade para matar as saudades de  Caco Antibes (Miguel Falabella), Magda (Marisa Orth), Ribamar (Tom Cavalcante), Vavá (Luiz Gustavo) e Cassandra (Aracy Balabanian).

Na semana passada, uma parte do elenco recebeu a imprensa, em São Paulo, para uma entrevista coletiva divertidíssima, onde os atores reafirmaram que o programa era tão engraçado porque era baseado principalmente em improvisos. De acordo com Luiz Gustavo, desde a leitura do texto, feita algumas horas antes da gravação, o improviso já rolava solto.

Na entrevista ficou também claro que Aracy Balabanian era uma das maiores “vítimas” das maluquices de Miguel Falabella e chegou a reclamar com a direção do programa que precisou mandar uma carta ao ator pedindo que se mantivesse longe dela nas gravações e parasse de falar palavrões.

Instruções que nunca foram  seguidas,  segundo Falabella, na primeira gravação, depois de sentir-se sem graça por não poder fazer as coisas do jeito que mais gostava, ele parou tudo  para explicar ao  público o que estava acontecendo e terminou falando um palavrão e beijando Aracy Balabanian.

Lúcio Mauro Filho disse  que  o convite para o filme o fez  sentir-se sendo convocado para a seleção brasileira e  deu a ele a oportunidade de trabalhar com pessoas que considera mestres.

Diferente do programa, que tinha cenário fixo, o novo filme é ambientado na estrada, depois de perder o apartamento  do Largo do Arouche, a família está viajando no  ônibus da Vavatur e morando de favor  com o porteiro Ribamar (Tom Cavalcante).

Caco Antibes (Miguel Falabella) acabou de sair da prisão, mas  algumas coisas nunca mudam e não demora muito para que ele volte a meter a família inteira em uma nova roubada. Ao lado de Magda (Marisa Orth), Ribamar, Vavá (Luis Gustavo), Cassandra (Aracy Balabanian) e Cibalena (Cacau Protásio), o trambique dessa vez será internacional e ninguém vai querer ficar de fora desse esquema.

No elenco também  estão Rafael Canedo, Cacau Protásio, Lúcio Mauro Filho, Katiuscia Canoro e Castrinho.

Adriana Maraviglia
@drikared

Entre no Facebook e deixe seu comentário: