“The Dirt”, cinebiografia da banda Mötley Crüe, chega à Netflix para chocar – Revista Eletricidade

“The Dirt”, cinebiografia da banda Mötley Crüe, chega à Netflix para chocar

Depois do sucesso acachapante de “Bohemian Rhapsody”, a cinebiografia de Freddie Mercury e da banda Queen. era de se esperar que outras histórias do mundo do rock ganhassem as telas.

Desta vez foi a banda de heavy metal Mötley Crüe , que chegou a Netflix com “The Dirt”, o retrato cru e com poucos retoques de uma carreira de mais de 30 anos de sexo, drogas e rock n’ roll que levou uma banda de hair metal de Los Angeles ao topo do mundo do showbusiness.

Com roteiro baseado no livro autobiográfico homônimo, “The Dirt”, o filme deixa pouco para a imaginação do público e mostra em cenas explícitas o festival de hedonismo em que a banda vivia mergulhada, com destaque para uma cena antológica, a beira da piscina de um hotel com Ozzy Osbourne (Tony Cavalero), então o artista veterano em quem os novatos do Crüe esperavam encontrar alguma sabedoria para enfrentar a estrada.

Constantemente bêbados e/ou drogados Nikki Sixx (Douglas Booth), Vince Neil (Daniel Webber), Tommy Lee (Colson Baker) e Mick Mars (Iwan Rheon), parecem deixar apenas por alguns momentos suas festas intermináveis nos bastidores para subir ao palco.

O filme não fica só nas festas, momentos difíceis como o envolvimento de Nikki Sixx com heroína e a prisão de Vince Neil por provocar uma morte dirigindo bêbado, além da perda terrível de sua filha Skylar são mostrados, embora seja de uma forma mais superficial na tentativa de não mudar o espírito festeiro que se desejava retratar.

O roteiro foi adaptado por Amanda Adelson e Rich Wilkes a partir do livro assinado pela própria banda em conjunto com Neil Strauss e cada parte do filme recebeu a narração de um dos membros do Mötley Crüe.

Dirigido por Jeff Tremaine cuja larga experiência na série de filmes “Jackass”  ajuda a encontrar o tom ideal de comédia para despejar toda a sujeira que cerca essa história e mais do que isso, o filme traz para as novas gerações uma cena que nesses novos tempos que estamos vivendo pode parecer chocante, mas que no mundo da música se tornou lendária e ainda hoje inspira muitos fãs com um som que ficou pra sempre na trilha sonora de suas vidas.

Adriana Maraviglia
@drikared

Assista ao trailer de “The Dirt”:

Entre no Facebook e deixe seu comentário: