“Rocketman” transforma a vida de Elton John em musical exuberante – Revista Eletricidade

“Rocketman” transforma a vida de Elton John em musical exuberante

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Menos cinebiografia, mais fantasia musical, assim é “Rocketman”, o filme que conta de um jeito só seu a trajetória musical de Elton John.

E para isso conta com o total apoio do músico, que assina a produção executiva da obra. A ideia foi a de usar a música para ajudar a narrar a história e por isso tudo ficou um pouco com aquela cara de teatro musical. Aliás, seria uma tarefa muito simples a de levar esse roteiro aos palcos e lucrar na Broadway tudo o que faltar na bilheteria de cinema.

Com uma enorme aptidão musical, o pequeno Reggie Dwight (Matthew Illesley) encontra no piano a melhor forma de expressão em uma casa em que seus pais não parecem ligar muito para ele.

Mais tarde, já como músico profissional, ele muda de nome e passa a se chamar Elton John (Taron Egerton) tornando-se um dos artistas de maior sucesso no mundo.

Mesmo com a presença do próprio Elton John na produção, o filme não foge dos assuntos mais polêmicos de sua vida, as drogas, a tentativa de suicídio, os problemas da vida amorosa, mas a música ajuda a diminuir o peso de tudo.

Toda a exuberância dos shows de Elton John está nas telas em números musicais que emocionam quando confrontados com o que o músico vivia fora dos palcos.

No elenco também estão Jamie Bell, Bryce Dallas Howard, Richard Madden e Gemma Jones, entre outros. 

Com “Rocketman” o diretor Dexter Fletcher, que também assumiu a direção de “Bohemian Rhapsody”, quando Bryan Singer foi demitido, passa a ser o responsável por um segundo grande sucesso sobre o mundo da música e conhecendo a fome por lucros que Hollywood sempre apresenta, certamente virão outros. 

Adriana Maraviglia
@drikared

Entre no Facebook e deixe seu comentário: