Lista Especial: Em homenagem a P.A., as 13 essenciais do RPM – Revista Eletricidade

Lista Especial: Em homenagem a P.A., as 13 essenciais do RPM

  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

O baterista da banda RPM, Paulo Pagni, ou P.A., como era mais conhecido morreu hoje, depois de passar mais 20 dias na UTI em decorrência de problemas pulmonares agravados por uma forte pneumonia. 

A conta oficial do Instagram da banda RPM publicou este texto hoje, no final da tarde: 

“Nosso querido amigo P.A resolveu definitivamente descansar de sua brava luta pela vida.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Partiu hoje em decorrência do agravamento das suas condições respiratórias devido a forte pneumonia que o atingiu. Ele estava internado no Hospital São Camilo, da cidade de Salto/SP, há mais de um mês. Fomos pegos de surpresa e tomados pela tristeza quando soubemos de sua partida à pouco. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Temos o compromisso doloroso, porém imprescindível, de fazer o show dessa noite. Por vários motivos e pela honra de nosso irmão, sempre apaixonado pelo seu trabalho e extremamente profissional. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Estamos em Garopaba/SC, temos a responsabilidade de tocarmos e darmos nosso melhor perante uma plateia estimada em 20.000 pessoas, em respeito à eles, à Prefeitura local que nos contratou e em coerência ao nosso profissionalismo, onde poderemos prestar uma homenagem ao nosso companheiro eterno de estrada que estará com certeza sempre ao nosso lado. Conseguimos antecipar nosso retorno para SP, e isso nos deixará em condições de estarmos presentes à ele pela última vez neste domingo pela manhã…”

O RPM fez um enorme sucesso na segunda metade da década de 80 com os discos “Revoluções por Minuto” (85) e “Rádio Pirata Ao Vivo” (86), este último um recordista de vendas da época com mais de 2,2 milhões de cópias.

A banda terminou em 1988 e só retornou a cena em 2002, quando lançou “MTV RPM 2002”, um disco ao vivo que trazia regravações dos velhos sucessos e mais cinco músicas inéditas, entre elas “Vida Real”, música que ficaria conhecida como tema do reality show Big Brother Brasil.

A morte de P.A. havia sido comunicada no início do mês de junho, por um erro do hospital e desde então, o músico vinha lutando pela vida internado na UTI com graves problemas pulmonares. 

O baterista parte em um momento em que o RPM tentava retornar a cena com Dioy Pallone nos vocais e no baixo, substituindo Paulo Ricardo. O RPM tinha acabado de lançar nas plataformas digitais duas novas músicas: “Ah, Onde Está Você?” e “Escravo da Estrada”. 

Em homenagem ao P.A., a Revista Eletricidade traz uma playlist com 13 músicas essenciais da banda.

RPM – “Ah, Aonde Está Você?”

RPM – Escravo da Estrada (acústico)

Entre no Facebook e deixe seu comentário: