Anunciado o lançamento do quinto livro de Robert Galbraith | Revista Eletricidade

Anunciado o lançamento do quinto livro de Robert Galbraith

  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  

Quem gosta de acompanhar as aventuras do detetive Cormoran Strike e de sua secretária Robin Ellacot, já está torcendo para que o ano corra um pouco mais rápido.

O Twitter do  escritor Robert Galbraith, pseudônimo usado por ninguém menos do que  JK Rowling para a série de livros de detetives, divulgou  hoje que o quinto livro se chama  “Troubled Blood” e chegará às livrarias físicas e virtuais no dia  29/09.

Para quem ainda não sabe, o primeiro livro da série foi  lançado em 2013, “O Chamado do Cuco” virou um best-seller depois que a imprensa descobriu que era Rowling  a autora do livro e que estava nascendo ali uma nova série de livros de detetive com  Cormoran Strike, um veterano de guerra que perdeu parte da perna no Afeganistão  e tem um pequeno escritório onde  oferece os serviços de  detetive particular e sua assistente Robin Ellacot, que contratada como  secretária temporária,  é uma ex-estudante de psicologia que descobre que desvendar mistérios é a sua real vocação.

Depois do sucesso do primeiro livro, vieram mais três: “ O Bicho da Seda”  (2014),  “Vocação Para o Mal” (2015) e “Branco Letal” (2018).

Os livros também deram origem a uma série  de TV chamada “Strike”, produzida pela BBC e estrelada por  Tom Burke e Holliday Grainger,   que em sua  terceira temporada anunciada para 2020, chega aos episódios que mostram a trama do quarto livro  “Branco Letal”.

JK Rowling  que deixou de fazer parte da lista dos bilionários do mundo, doando uma parte substancial de seus ganhos para caridade anunciou via Twitter,  no dia 25/01, o final de seu trabalho no, então sem nome, livro número 5.

Eu já estou ansiosa para ler… e vocês?

Em tempo…  Em dezembro, em seu twitter, JK Rowling declarou apoio a uma ativista que perdeu o emprego por fazer declarações contra a causa gay e passou a ser  atacada furiosamente por pessoas que a tem chamado  de homofóbica. Depois  do incidente, a autora não fez mais nenhum comentário. 

Veja o tweet postado por JK Rowlling no dia 25/01:

Entre no Facebook e deixe seu comentário: