Em seu aniversário, Gal Costa dá uma live de presente ao público brasileiro - Revista Eletricidade

Em seu aniversário, Gal Costa dá uma live de presente ao público brasileiro

GAL COSTA - FOTO: CAPTURA DE TELA

Não parece, mas Gal Costa acabou de completar 75 anos e ao invés de receber presentes e homenagens, um dos grandes patrimônios musicais do Brasil, deu um presente ao público brasileiro fazendo uma live.

A apresentação que aconteceu ontem à noite, na Casa de Francisca, uma casa de espetáculos encantadora  no centro de São Paulo, foi ao ar pelo Youtube e também transmitida por uma emissora de TV a cabo.

Embora Gal ultimamente venha fazendo shows em que é acompanhada por uma banda de rock, para a live, a escolha  foi por um tom mais  intimista e com apenas três músicos Pedro Sá (guitarra/violão), Fábio Sá (baixo) e Chicão (piano); estavam por lá para executar arranjos sutis e delicados por onde sua voz sobrenatural pudesse viajar. 

A diretora de cinema Laís Bodanzky, que tem dirigido diversas lives na Casa de Francisca durante a pandemia, buscou dar um tratamento cinematográfico ao espetáculo, mas isso se transformou em um problema por forçar Gal a ficar se deslocando pelo cenário e também pela iluminação que foi mantida no mínimo e não permitiu que a beleza arquitetônica do lugar fosse apreciada. 

Uma pena que a noite tenha tido tantos problemas técnicos para atrapalhar momentos especiais quanto a conversa em áudio com Maria Bethânia, ou os vídeos enviados por Caetano Veloso, Gilberto Gil e Milton Nascimento.

O repertório trouxe músicas de todas as fases de seus 56 anos de carreira, com destaque para “Luz do Sol”, uma canção de Caetano Veloso, que também serviu de ponte para a Gal comentar a tragédia ambiental atual que o Brasil atravessa;  “É uma oração à natureza e eu achei adequado cantar e lembrar do Pantanal que está pegando fogo, das florestas do Brasil que estão pegando fogo, por irresponsabilidade do governo… ”

“Creio”, de Lulu Santos e “Palavras no Corpo”, entraram na setlist para nos ajudar a lembrar que Gal, aos 75 anos, continua atual, buscando novas músicas, novas sonoridades, uma atitude muito louvável em qualquer artista e uma verdadeira benção quando existe em uma diva, como ela, consagrada há tanto tempo, sua sede pelo novo não termina e segue renovando-se. 

Adriana Maraviglia
@drikared

Setlist live Gal Costa na Casa de Francisca, 28/09/20: 

Eu vim da Bahia
Baby
Vapor Barato
Dom de Iludir
Meu Bem, Meu Mal
Modinha para Gabriela/Tema de Amor de Gabriela
Luz do Sol
Força Estranha
Creio
Ela Já Não Gosta Mais de Mim
Sua Estupidez
Palavras no Corpo
Folhetim
Volta
O que é que há?
Sorte
Açaí
Você Não Entende Nada
Festa do Interior

Entre no Facebook e deixe seu comentário: