Em 1981, o autor da nova biografia de Paul Mccartney, Philip Norman, escreveu em seu primeiro livro “Shout!: The Beatles in Their Generation”, que “John Lennon  era três