O cinema mais uma vez prova que a realidade é infinitas vezes muito mais interessante que a ficção. Chegando aos cinemas americanos no dia 29 de Abril “Papa: