O filme “Simplesmente Amor” (2003), do diretor Richard Curtis, que continua até hoje no topo da lista de  filmes românticos favoritos de muita gente, recebeu uma sequência inusitada.