Jaguar – série espanhola sobre caçada a nazistas chega à Netflix

Acaba de chegar à Netflix a primeira temporada da série espanhola “Jaguar”, uma das boas pedidas na plataforma de streaming para quem está procurando por entretenimento de alta qualidade para maratonar neste final de semana.

Após o final da Segunda Guerra Mundial, em 1945, muitos nazistas escaparam dos tribunais e foram se esconder na Espanha. Por lá, criminosos de guerra encontraram uma verdadeira rede de proteção entre os fascistas que na década de 30 davam sustentação  a sangrenta ditadura de Franco.

Mas as suas vítimas nunca esqueceram de seus crimes e no início da década de 60, Isabel (Blanca Suárez), uma jovem que passou uma parte da infância no Campo de Concentração de Mauthausen é uma destas pessoas que não tem a intenção de deixá-los escapar da Justiça.

Não demora muito tempo para que ela perceba que não está sozinha em sua luta pessoal para fazer com que estes criminosos, incluindo médicos que faziam experimentos com seres humanos, paguem por tudo o que fizeram.

Embora tenha uma ambientação impecável nos períodos que retrata, a série criada por Ramón Campos e Gema R. Neira se banha em um puro suco de cultura pop moderna que aparece na sensacional animação da abertura da série e em suas referências aos quadrinhos e também na trilha sonora onde merece destaque a versão em espanhol da clássica “Paint It, Black”, dos Rolling Stones, interpretada pela banda espanhola da década de 60 Los Sejvajes.

Além de Blanca Suárez, o elenco de “Jaguar” também conta com Iván Marcos, Óscar Casas, Adrián Lastra, Francesc Garrido, Stefan Weinert, J.V. Martin, Julia Möller e Maria de Medeiros, entre outros.

Com muita ação e suspense em seus 6 capítulos, “Jaguar” é uma das melhores atrações da Netflix neste mês e uma das coisas mais interessantes que a plataforma tem a oferecer neste momento. Tomara que venha logo uma segunda temporada.

Adriana Maraviglia
@drikared

Assista ao trailer de “Jaguar”:

Compartilhe: