“O Último Jogo”: para rir da nossa eterna rivalidade com a Argentina

A eterna rivalidade no futebol entre Brasil e Argentina move a trama de “O Último Jogo”, filme do diretor Roberto Studart, que chega amanhã às salas de cinema brasileiras.

Baseado no livro “El Fantasista” do chileno Hernán Rivera Letelier, o filme marca a estreia do documentarista Studart na ficção e faz rir da história da competição acirrada entre Belezura e Guapa, duas cidades na fronteira entre Brasil e Argentina que transformam as partidas de futebol entre os dois times locais em uma guerra entre as duas cidades.

E na guerra vale tudo. Especialmente naquele que, para o time de Belezura, será o último jogo, depois que os patrões argentinos decidiram fechar a fábrica de móveis que emprega todo o time, no lado brasileiro.

Mas desta vez, o time de Belezura terá uma arma secreta, um craque de bola que está de passagem pela cidade e pode mudar completamente as chances, isso se conseguirem convencer o jogador a ficar na cidade até o final da semana.

O filme é diversão pura em cada detalhe, a narração dos jogos de futebol é impagável e o desfecho conta com uma reviravolta completamente inesperada.

No elenco de “O Último Jogo” estão Pedro Lamin, Bruno Belarmino, Betty Barco, Norberto Presta e Juliana Schalch.

Para rir, e muito, dessa eterna guerra Brasil x Argentina.

O filme chega aos cinemas no dia 20/05. A partir de 10 de junho, “O Último Jogo” estará disponível nas plataformas de streaming Now, VivoPlay, Sky, Looke e no dia 11 de junho, no Belas Artes À La Carte.

Adriana Maraviglia

Assista ao trailer de “O Último Jogo”:

Compartilhe: