Documentários premiados celebram o Dia do Cinema Brasileiro

EDUARDO COUTINHO - FOTO: DIVULGAÇÃO

No próximo domingo 19/06, data em que se comemora o Dia do Cinema Brasileiro, o Cine Sesc realiza em sua plataforma de streaming Cinema #EmCasaComSesc a estreia de uma programação especial em homenagem ao documentarista Eduardo Coutinho.

O programa disponibiliza em sua grade três obras importantes de Coutinho e um quarto documentário que conta com uma das últimas entrevistas do diretor, morto em 2014.

Vencedor dos prêmios de Melhor Filme e Melhor Direção no Festival Sesc Melhores Filmes, o renomado “Jogo de Cena” é um clássico de Coutinho que mistura a realidade documental com ficção na presença de mulheres anônimas que contam suas histórias, também interpretadas por atrizes.

A história de trabalhadores da indústria metalúrgica do ABC Paulista e suas participações no movimento grevista de 1979 a 1980 é registrada no longa-metragem “Peões”, vencedor do Prêmio de Melhor Filme no Festival de Cinema de Brasília.

Em “Santo Forte” – vencedor dos prêmios de Melhor Filme, Roteiro e Montagem, no Festival de Cinema de Brasília, do Prêmio Especial do Júri, no Festival de Gramado, e do Prêmio da Crítica de Melhor Filme, no Festival Sesc Melhores Filmes – o diretor mergulha na intimidade de católicos, umbandistas e evangélicos de uma favela carioca.

Indicado ao Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro, como Melhor Filme, “Eduardo Coutinho, 7 de Outubro” é o documentário que coloca o cineasta diante de sua própria equipe e inverte o jogo com o entrevistador na frente das câmeras.

Dia do Cinema Brasileiro – Especial Eduardo Coutinho – data: 19/06/21 – Onde assistir: sescsp.org.br/cinemaemcasa – Online e Gratuito

Saiba mais sobre os filmes:

JOGO DE CENA - FOTO: DIVULGAÇÃO
Jogo de Cena (2007)

Jogo de Cena | Dir.: Eduardo Coutinho | Brasil | 2007 | 105 min | Documentário | Livre – Atendendo a um anúncio de jornal, oitenta e três mulheres, interessadas em participar do documentário, contaram suas histórias de vida em um estúdio. Coutinho convida as personagens a compartilharem suas alegrias e tristezas, convidando para bem perto as experiências mais marcantes.
Em junho de 2006, vinte e três delas compareceram e foram filmadas no Teatro Glauce Rocha no Rio de Janeiro. Em setembro do mesmo ano, atrizes interpretaram, a seu modo, as histórias contadas pelas personagens escolhidas. O longa mistura realidade e dramaturgia, onde os personagens reais falam da sua própria vida, depois estas personagens se tornam modelos a desafiar atrizes e por fim, as atrizes interpretam as personagens. Vencedor dos prêmios de Melhor Filme e Melhor Direção no Festival Sesc Melhores Filmes.

PEÕES - FOTO: DIVULGAÇÃO
Peões (2004)

Peões | Dir.: Eduardo Coutinho | Brasil | 2004 | 85 min | Documentário | Livre – A história pessoal de trabalhadores da indústria metalúrgica do ABC paulista que tomaram parte no movimento grevista de 1979 e 1980, mas permaneceram em relativo anonimato.
Eles falam de suas origens, de sua participação no movimento e dos caminhos que suas vidas trilharam desde então. Exibem souvenirs das greves, recordam os sofrimentos e recompensas do trabalho nas fábricas, comentam o efeito da militância política no âmbito familiar, dão sua visão pessoal de Lula e dos rumos do país. Vencedor do Prêmio de Melhor Filme no Festival de Cinema de Brasília.

SANTO FORTE - FOTO: DIVULGAÇÃO
Santo Forte (1999)

Santo Forte | Dir.: Eduardo Coutinho | Brasil | 1999 | 80 min | Documentário | 12 anos – Entre uma missa campal celebrada pelo Papa no Aterro do Flamengo e, meses depois, a comemoração do Natal, o documentário penetra na intimidade dos católicos, umbandistas e evangélicos de uma favela carioca.
Cada um a seu modo, eles creem na comunicação direta com o sobrenatural através da intervenção de santos, orixás, guias ou do Espírito Santo.
Vencedor dos prêmios de Melhor Filme, Roteiro e Montagem, no Festival de Cinema de Brasília, do Prêmio Especial do Júri, no Festival de Gramado, e do Prêmio da Crítica de Melhor Filme, no Festival Sesc Melhores Filmes.

EDUARDO COUTINHO, 7 DE OUTUBRO - FOTO: DIVULGAÇÃO
Eduardo Coutinho, 7 de Outubro (2013)

Eduardo Coutinho, 7 de Outubro | Dir.: Carlos Nader | Brasil | 2013 | 71 min | Documentário | 12 anos – Uma entrevista, uma tarde, uma locação, um único personagem. Partindo das “prisões que libertam” no documentário coutiniano, é a vez de inverter o jogo e ver o maior entrevistador do cinema brasileiro em frente às câmeras.
“Eduardo Coutinho, 7 de Outubro” é um documentário que coloca o cineasta diante de sua própria equipe. Indicado ao Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro, como Melhor Filme.

Compartilhe: