Liam Neeson contracena com seu filho em novo filme

Um dos maiores e mais conhecidos astros dos filmes de ação, o irlandês Liam Neeson  deve surpreender seus fãs em seu próximo trabalho que está a caminho dos cinemas.

Em “De Volta à Itália”, um dos atores favoritos de filmes sobre “tiros, porradas e bombas” encara o desafio de um roteiro que mistura drama e comédia.

A trama escrita e dirigida pelo também ator James D’Arcy conta a história de um pai e um filho que estão tentando se reconectar após a morte da esposa e mãe.

Detalhe, Micheál Richardson, que faz o filho de Neeson, é seu filho na vida real e a história tem alguma semelhança com a vida dos dois atores. Para quem não sabe, o ator perdeu a esposa Natasha Richardson, mãe do Micheál, em um acidente de esqui, em 2009.

No filme, Lian Neeson é Robert, um artista boêmio, que viaja até a Itália, na companhia de seu filho, Jack, com a intenção de vender a casa que herdaram da falecida esposa.

Chegando lá, tudo começa a dar tão errado quando tentam reformar a villa, na região da Toscana, que a relação entre os dois fica ainda mais abalada. Enquanto isso, o rapaz se apaixona por uma jovem chef (Valeria Bilello), cujo ex-marido tem fama de violento.

Segundo Lian Neeson o filme é “uma grande história sobre família e amor”, o ator confessa que encontrou no filme uma maneira de enfrentar suas próprias dores. “Foi muito catártico para lidar com o meu próprio luto. E fazer isso por meio da arte, ou seja fazendo um filme, foi muito, muito único e especial”

“Quando você está rodando uma cena, você está cercado de toda equipe, umas 40 ou 50 pessoas, e eu sempre senti que estavam me apoiando. Não estavam apenas lá para fazer o trabalho, como se fosse outro qualquer, era um sentimento de camaradagem”.

O jovem ator Richardson também confessa que se sentiu estranho ao ler o roteiro, por ser tão próximo da experiência que ele e o pai passaram. “Fazia 10 anos que minha mãe tinha falecido, e ser uma pessoa que a perdeu tão jovem… Há uma fala marcante do meu pai, no filme, ‘Ninguém sabe como enfrentar isso’. E creio que ninguém sabe mesmo, mas quando se passa por isso, muito fica fechado dentro de você, que acho não ser a maneira certa de enfrentar um luto. Você tem que por pra fora, chorar. Então, acredito que o processo do filme, me ajudou nisso.”

“De Volta à Itália”, lançamento da Califórnia Filmes, chega aos cinemas brasileiros no dia 28/10.

Assista ao trailer de “De Volta à Itália”:

Compartilhe: